quinta-feira, 21 de julho de 2016

Carta à filha mais velha.

Minha querida ,

Sei o quanto é difícil para você ter que dividir sua mãe com um serzinho que acaba de chegar.  Sua irmã é pequenina e precisa de atenção diferenciada. Você é muito paciente minha flor de "Muguet". E mesmo fazendo tudo para chamar à atenção , mamãe não pode dá -la como você merece. Tento fazer o melhor e sei que vivo chorando , é porque mamãe está cansada fisicamente e mentalmente. Não tenho sido à melhor mãe do mundo, mas estou sendo sendo a mãe que posso ser nesse momento. Perdoe de ter feito você chorar , de não ter pego você quando precisavas. Vou prestar mais atenção em você e tentar brincar mais contigo. Cuido de você desde que você nasceu e me doe não poder ter as mesmas atitudes de antes. Vou ser uma mãe melhor para você e sua irmã, pois vocês merecem.  Também vou ser mais compreensiva com o teu pai, pois ele faz o que pode para nos ver o mais feliz possível.
Não quero mais ser bruta como você diz e nem "guitar" mais.  Vou mudar, já estou mudando. Admitir nossos enganos é uma vitória.  Sua irmã veio nesse lar para ser a nossa companheira e desejo de todo coração que você e ela sejam muito amigas. Pois quem tem irmãos nunca mais se sente sozinho.
 
Amo você como no primeiro dia que te vi sair de mim e te amarei para eternidade. Sou grata de você e sua irmã terem escolhido essa família. Somos meios doidinhos como você diz , mas temos muito amor dentro do coração.