terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Parece que foi ontem...

Volta e meia eu escuto ou leio essa frase. Parei para pensar na vida que passou tão rápido diante dos meus olhos, das coisas , boas e más, que vivi. Nunca vou esquecer um dia que tive que dormir numa praça para não deixar uma amiga sozinha, passamos um frio danado (risos), hoje dou risada, mas na hora, chorei feito criança, tinha 16 anos nessa época. Alguns de vocês sabem que não curto muito sair à noite, não tenho explicação para esse fato. Ou quando eu ria com a minha mamãe das palhaçadas que faziamos, das brincadeiras com a minha irmã, das poesias com a Carol. Bom poderia ficar horas escrevendo as coisas que fiz, mas não o farei, pois o mais importante aqui é saber que todos nós temos algo a contar, engraçado ou não. Somos todos humanos e cheios de aprendizados. Todos temos saudades de algo que passou e não voltará mais... 

4 comentários:

Izabel disse...

Como sinto falta das nossas gargalhadas. Chorei, mas fui obrigada a rir logo. Lembra! quando soltei um pum sonoro e voce Mamãe? voce me chamou???????hehehe foi risada para todos os lados. Como mãe é poderosa, até num pum sonoro ela diz o nome Graaaaaaaaaaaaaaa. hehehehe beijos minha flor de maracujá que fugiu de mim.

guímel disse...

Olá Graziela!

Grata pela sua visita e comentário no meu cantinho.
Estou sempre aqui lendo as suas reflexões... e o seu amor pela família.
Valores que são raros e vc os tem!
Parabéns
Bjsss

Noemi Szcypula disse...

Verdade, verdadeira, sempre temos algo bom pra contar e dizer "parece que foi ontem"
Parece que foi ontem que vc pra França! Beijos

R. disse...

Merci... suas palavras tem aquele toque simples mas cheio de sentido.
Gostei do seu blog, parabéns.